Carta aberta para Deus

Da última vez que eu postei algo tipo “Minha vida é uma beleza!”, meu HD queimou e com ele se foram vários trabalhos importantíssimos que tive que refazer de graça -$$$! E cheques voltaram -$$$, meu iPhone quebrou e parou -$$$! Tudo quase no mesmo dia. Superstição é para os fracos? Melhor não deixar barato pra sorte. A vida não é nada de caixa de surpresas, porque você sabe que pode acontecer de tudo… Não tem pra onde correr. Há quem diga que Deus está olhando por nós, eu prefiro dizer: “Salve-se quem puder! E como der!”. Cristãos de plantão irão condenar mentalmente, ainda mais no meu facebook-de-ex-membro-de-igreja. Cheio de crentes. Mas meu facebook é de “desviado”! Ovelha perdida! E quando eu fui ovelha encontrada?

Deus, alô, alô, está ouvindo? Quando eu fui ovelha encontrada? Desde que eu mudei de ideia sobre você ninguém ainda desceu do céu pra dizer que eu estou errada. Eu fui ensinada na igreja que dizer isso é uma blasfêmia tão grande que você pode me castigar. Com Câncer. Só porque eu não escuto nada. É verdade? Tem Testemunha de Jeová que me diz que não é assim, que você é Pai e é amor… Mas meus “irmãos” diziam que era pra eu ignorar Testemunha de Jeová. Você é ou não é amor? Ou eu vou contrair Ebola e morrer por questionar? O fato da minha vida estar ótima eu devo a você? Eu tenho algum mérito? Não, sinceramente, eu não estou me importando com o mérito! Só queria entender. Porque eu não me sinto mais confortável em te agradecer as coisas como seu eu ainda acreditasse que você está aqui, fazendo tudo por mim. Eu não entendo como funciona esse agradecimento, se eu devia dizer todos os dias: “Obrigada porque nenhuma tragédia aconteceu comigo”, se eu sei que isso não te impede de permitir uma tragédia amanhã. Eu não entendo… porque tragédia acontece com gente de todas as religiões. E se eu nunca entender, eu vou pro inferno? Ouvi dizer que é quente lá e só há sofrimento tipo.. eterno. Cara, sinceramente eu só imagino alguém que cometeu uma atrocidade enorme como estupro ou assassinato, e não se arrependeu, pra merecer ir pra um lugar desse. Mas eu? Só porque não te entendo? É você que definitivamente não fala a minha língua!

Não sei se é de propósito ou se você é assim mesmo e a gente é que tem que se virar… ou se é porque você está realmente chateado com o pessoal do passado. Ouvi dizer que no passado você era diferente. Vinha aqui, sentava, tomava café… Mas, caramba, deve ser realmente muito duro ser Deus, ser todo atencioso, ser traído e ainda ter que ser amor, pra sempre. Então entendo porque está recluso. Aí no paraíso, só esperando todo mundo morrer pra decidir pra onde cada um vai. Mas de boa, você é estranho. Sem ofensa, é só minha opinião. Te acho estranho. Tenho amigos estranhos, isso não muda nada entre nós. Dificulta muito o fato de você insistir em falar uma língua que eu não entendo. Se é que você fala, porque pela história dá pra ver que seu contato foi diminuindo, diminuindo… Teria você desistido? “Deus não volta atrás”. Poxa, mas deveria. Amigo, se eu crio o mundo pra ser o máximo e ele se torna isso, eu voltaria atrás. “Deus não é homem pra voltar atrás”. Ok, mas você é estranho por outro motivo também, cara. Se eu sei de todas as coisas, do passado, do presente e do futuro, e sei que vai dar errado, sério mesmo… começar pra que? E ainda tem gente que diz que foi por amor.

Às vezes eu fico parada no “criou o homem à sua imagem e semelhança”. Eu penso muito sobre você e essa frase é uma das que eu mais penso. Desde criança eu ficava tentando imaginar como você seria, já que somos semelhantes. Primeiro eu achei que você tivesse pés e mãos e fosse de carne e osso, mas crescendo (e sendo ensinada) descobri que se tratava de outra coisa… que você ama, que você odeia. Que você tem ciúmes. Sabe que eu achava, quando era mais nova, que tudo que o homem tinha de bom, era seu. E o que a gente tem de ruim, é do pecado. Mas sinceramente, quanto mais eu te “conheço”, acho que o pecado é só uma parte (das grandes), mas que seu DNA também não é puro não. Primeiro que ciúme não é legal e você deixa bem claro que tem. E eu te acho um tanto… egoísta, mas se eu te disser isso você vai dizer que eu sou louca. Porque seu egoísmo é crônico, sabe? Você não percebe que criou tudo isso pra você, porque você estava entediado, ou sei lá. Você não me criou pra que eu seja feliz. Você espera que eu seja feliz e tome as decisões certas, no meio de toda essa bagunça, mas sinceramente… você precisava era se comunicar com alguém. Fico pensando se os Anjos não deviam fazer isso… ia evitar tanta coisa! E você não é justo como repete infinitas vezes! Aliás, ou você não é justo ou é uma daquelas pegadinhas… porque você se refere à SUA justiça. É, assim é fácil ser justo. Não dá pra entender sua justiça quando se trata de permitir quem vive e quem morre. Menos ainda dá pra entender sua justiça quando se trata da oportunidade que você deu a alguém que viu Jesus ressuscitar e a minha. Se a chave pra eternidade é a fé, eu estou meio em desvantagem, né? Sim, “todo aquele que crê, viverá.” Justíssimo. Só no seu mundo.

Eu espero sinceramente não ir pro inferno por essa carta aberta. Nem ter uma doença fatal, nem morrer subitamente, porque ainda existe em mim alguma esperança de você não ser essa “pessoa”. Tenho esperança que vai aparecer um anjo, de branco e tal e vai me dizer “Cara, você entendeu tudo errado, não é assim… olha só, vou te explicar…”. Você mandou um anjo e abriu exceção pra José, podia abrir pra mim também. Mas como você não fala, ou só fala do seu jeito, ou tem toda uma cerimônia pra chegar perto de você, eu não te entendo. Jeremias 29:13 é genérico demais, então eu sou obrigada a tirar as minhas próprias conclusões, sem te encontrar. Você me fez assim.

Ah, envio esta carta aberta pra se, talvez, seus anjos tiverem internet poderem ler e saber que eu estou te esperando. Até lá, me perdoe se eu não for capaz de te agradecer pela minha vida. Não me sinto muito confortável em sentir gratidão por você não ter me matado hoje. Ou “permitido”, como quiser.

—–

PS. Ao procurar a imagem para o post com a tag “Pray”, o texto surge:

No, my dear,
Allah has not left you,
but you have left Him.

The more you put anything
before Allah,
the more He will distance
Himself from you.

Verily, those who are lost
are those who have forgotten
Al-Mu’akhkhir, The Delayer.

Não, Deus não permitiria ser confundido com Allah, mesmo sendo “Allah” uma palavra que traduzida para o português, significa “Deus”. Vamos, seja ainda mais claro.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *